online bonjour NYC
— Nada de café?
— Não gosto de café.
— E tem algo de que a senhorita goste? — Ele pergunta, seus olhos doces e maliciosos pairando sobre os meus. Eu olho incapaz de me expressar. Por alguns instantes, que me pareceram horas, minha voz some em algum lugar da minha garganta. O chão parecia mover-se sob as minhas pernas bambas. Engoli em seco. Ele só te fez uma pergunta qualquer, sua burra, meu subconsciente grita, tremendo as paredes do meu cérebro.
— Livros — eu respondo, firme, dura, mas por dentro, sussurro, para ele não ouvir: Você! Eu gosto de você.

50 Tons de Cinza.   (via delator)

(Source: saturnos)